sábado, 31 de dezembro de 2011

Consta para aí...

...que temos uma bebé linda. É verdade.

Vou emigrar... e vocês?

O grande Sérgio Godinho, numa das suas músicas, proclama que o "passado é um país distante"... emigremos, então, em 2012, para outras paragens. Para terras de esperança, de realismo, de rejeição do acessório e de real felicidade, que façam esquecer as agruras do "país" de 2011 e todos aqueles que proclamam o negativismo.

Boas entradas e boa emigração. Vamos fazer parte desta diáspora?...

As GV recomendam...

Aqueles que de vós queiram adquirir uma auto-indulgente última recordação de Natal, e a quem tenham sobrado uns euritos, têm neste item uma óptima escolha.

O CD triplo dos Ornatos Violeta é um mimo, para matar saudades dos senhores que, numa hora do demónio, cessaram actividade. Destaque para o terceiro CD com alguns inéditos.



"Eu sei
A tua vida foi
Marcada pela dor de não saber aonde dói
Mas vê bem
Não houve à luz do dia
Quem não tenha provado
O travo amargo da melancolia
E então rapaz então porquê a raiva
Se a culpa não é minha
Serão efeitos secundários da poesia"

Dia Mau (Ornatos Violeta, O Monstro Precisa de Amigos - faixa 3)

Ele há coisas...

Para o Diário Insular, jornal do burgo terceirense, o acontecimento do ano é uma tourada realizada em Lisboa, por touros terceirenses. Isto está bonito, está.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

Mariana: update Dezembro '11

Sim... estamos na fase Princesa da Tasmânia, em que a doçura da Princesa Mariana se mistura com o frenesim do Diabo da Tasmânia...




quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Ups...

É ver este vídeo, por altura dos três minutos e cinquenta segundos...



E depois confrontar com este...


E depois, como diria Rick Perry, dizer: ups.

A beleza das coisas simples...

Na mensagem de Natal, por via electrónica, que enviei a alguns amigos e conhecidos, apeteceu-me brincar com um excerto do hino FMI de José Mário Branco...

Apeteceu-me desejar que, em 2012, consigamos fazer a troika tremer de medo por se ter metido com um país de poetas... O José, da notícia abaixo do jornal Público, já começou a fazê-lo e está de parabéns por isso.

terça-feira, 27 de dezembro de 2011

A Madeira de Jardim: Let the games begin...

Numa tira do genial Mordillo, uma bela representação simbólica dos últimos anos da Madeira. Boa sorte, madeirenses.

Não estará na altura de se chatearem uma coisinha com quem vos governa, em vez de projectarem tudo em tudo o resto que mexe?...


Querido, a morte mudou o Querido Líder...

Como se sabe, o ditador lunático e sanguinário da Coreia do Norte foi desta para melhor nos últimos dias, sem que o big brother das super-potências se tivesse apercebido* que o senhor tinha batido as Queridas Botas. Um problema para resolver para o regime totalitário? Nop... uma óptima oportunidade para os delírios mirabolantes dos propagandistas. O problema é que, na Coreia do Norte, tais delírios passam à prática, como realidades concretas. Algo que, segundo o Querido Bernardino Soares, faz todo o sentido. Sim, tal como os propagandistas, Bernardino Soares não se choca com o facto de algumas coisas que defende não resistirem ao teste com a realidade.

Pois bem... parece que a Natureza norte-coreana entrou num turbilhão emocional desde a morte do Querido Líder. Há desde vulcões em erupção, tempestades de gelo súbitas, garças a fazer vénias a estátuas, pombas a chorar baba e ranho e a limpar estátuas com um brio assinalável. Tudo destacado em parangonas pelos órgãos oficiais do Querido Regime.

Pois... Aguardo, pacientemente, que, depois do milagre da metamorfose constante da dívida regional, o Jornal da Madeira comece a anunciar os discursos de bolos do caco jardinistas, o choro lancinante da floresta laurissilva face às maldades perpretadas pelos bastardos do Continente e a baba e ranho que escorre dos telhados de colmo das casas de Santana, quando alguém profere a expressão "Lei das Finanças Regionais".


* O que, inequivocamente, aumenta a preocupação... se aqueles que se arrogam do estatuto de vigilantes do mundo não se apercebem da morte do Querido Líder, aperceber-se-ão da evolução do Querido movimento nuclear norte-coreano?...

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Falta só uma etapa...

... para que se concretize um dos sonhos da vida de psilipe. Ver a Académica na final da Taça, no Jamor. Hoje chegámos às meias-finais, num jogo abrilhantado pela presença de psilipe. 

Emigrai, meu filhos... emigrai!

Num declaração proferida hoje, Pedro Passos Coelho referiu que confia que o País vai dobrar o cabo das tormentas em 2013... Seguidamente, aconselhou professores, psicólogos, enfermeiros, farmacêuticos, advogados, juristas, trolhas, freiras, picheleiros e cantoneiros a emigrar, o quanto antes, para a África do Sul para avistarem o País a passar daqui a dois anos...

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Olha... férias a sério!

What the fuck?! Já não sabia o que era...

Depois de ver esta foto...


...tenho que me ausentar um pouco para praticar o auto-amor. E, esclareço, se estivesse o Vítor Gaspar e o Álvaro no lugar das moçoilas, faria exactamente o mesmo. Que beleza!

Ah... estando a chegar o Natal, se alguém quiser fazer o psilipe feliz, aqui fica uma bela dica. Vá lá...

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Um grupo terapêutico natalício...

Deputado do PS cria/queria empréstimos SCUT!

Vice-presidente da bancada do PS disse que Portugal devia “marimbar-se” para os credores - Política - PUBLICO.PT

Penso ser útil fazer quatro comentários...

1 - Claramente, o senhor Pedro Nuno Santos é um seguidor de José Sócrates na área da política económica e da gestão da dívida, o que lhe assegura um cartão-de-visita na política nacional que, penso, não valer a pena descrever;

2 - Pedro Nuno Santos, o ideólogo dos empréstimos SCUT;

3 - Cheira-me que o Cobrador do Fraque anda a investigar a sua morada para futuras prováveis visitas;

4 - Esperemos que o homem esteja preparado para o aumento do spread que o empréstimo da sua casa vai sofrer, depois de alguém do seu banco ler esta peça.

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Que coisa mai' linda

Como diria Jorge Jesus, numa mítica frase quando era um "simples" comentador, o futebol é "muitá lindo"... Um fantástico golo de Adrien Silva*.


* Estou a dizer o nome deste grande artista muito baixinho, não vá o Sporting, que o emprestou à Académica, reparar que o homem tem lugar mais do garantido no plantel do Sporting em Janeiro... Chiu...

"Readers Digest" por António Zambujo

psilipe dedica esta musiquita, à qual acha piada, a todos aqueles que vestem a pele do estereótipo do "funcionário público", estando, ou não, a trabalhar na Função Pública (seja lá isso, o que for, nos dias de hoje). Refira-se que a ideia lhe surgiu, depois de umas manhãs e tardes a trabalhar no computador nalguns cafés de Angra do Heroísmo...


Reader's Digest interpretado por António Zambujo

Quero a vida pacata que acata o destino sem desatino
Sem birra nem mossa, que só coça quando lhe dá comichão
À frente uma estrada, não muito encurvada atrás a carroça
grande e grossa que eu possa arrastar sem fazer pó no chão

e já agora a gravata, com o nó que me ata bem o pescoço
para que o alvoroço, o tremoço e o almoço demorem a entrar
quero ter um sofá e no peito um crachá quero ser funcionário
com cargo honorário e carga de horário e um ponto a picar

vou dizer que sim, ser assim assim, assinar a reader’s digest
haja este sonho que desde rebento acalento em mim
ter mulher fiel, filhos, fado, anel, e lua de mel em frança
abrandando a dança, descansado até ao fim

quero ter um t1, ter um cão e um gato e um fato escuro
barbear e rosto, pagar o imposto, disposto a tanto
quem sabe amiude brindar à saude com um copo de vinho,
saudar o vizinho, acender uma vela ao santo

quero vida pacata pataca gravata sapato barato
basta na boca uma sopa com pão com cupão de desconto
emprego, sossego, renego o chamego e faço de conta
fato janota, quota na conta e a nota de conto

vou dizer que sim ser assim assim assinar a reader’s digest
haja este sonho que desde rebento acalento em mim
ter mulher fiel, filhos, fado, anel, e lua de mel em frança
abrandando a dança, descansado até ao fim

O "Domingo Desportivo" da TVI...

... é igual a cocó.

domingo, 11 de dezembro de 2011

Uma escolha difícil... um dilema...

Depois de ver o noticiário, não consigo definir o que é mais ridículo... Alberto João Jardim a proferir a enésima referência subliminar à independência da Madeira num comício* ou o mesmo personagem a entoar o Jingle Bells, num comício, com sotaque madeirense.

* Mas será que este homem não se farta disto?!

Serviço Nacional de Saúde: um filme de psilipe

Eis a versão melhorada do filme que publiquei, há uns dias, sobre o Serviço Nacional de Saúde

video

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Qual será o castigo para...

... alguém que ensina a sua filha, Mariana, que o menino que está no presépio se chama Menino Toninho, e não Menino Jesus?

Aceitam-se sugestões...

domingo, 4 de dezembro de 2011

E mais não digo...

psilipan?

Percebemos que algo deve ser revisto na utilização do nosso guarda roupa, quando, numa festa de anos de um miúdo de seis anos cheia de garotos, só existe uma pessoa de calções. E não, não era um dos miúdos, nem nenhuma das pessoas que não responde por psilipe.

Se a minha mãe tem visto... A patroa, para mal dos seus pecados, já se habituou às alturas em que psilipe se transforma em psilipan (psilipe + peter pan).