segunda-feira, 31 de março de 2014

Primeiro de Abril

E, daqui a nove minutos, começa o dia em que, apesar de saber que serei posto à prova por amigos e jornais e televisões, acreditarei em imensas coisas sem me aperceber que são petas.

Um rapaz singelamente honesto, este psilipe.

quarta-feira, 26 de março de 2014

O que se aprendeu, hoje, com a Mariana... - XLVII

Que a princesa está, mesmo, a crescer.

Que explicar o que faz um psicólogo e uma jurista a uma criança de quatro anos pode ser divertido.

Que, pelo que se vai percebendo, há uma turma inteira do Jardim de Infância que anda convencida que um "psicólo" é a pessoa que trata as "dores de cabeça", quando estamos acometidos das mesmas.

Psis deste mundo, como descreveriam o que é ser psicólogo a uma criança de quatro anos?





segunda-feira, 17 de março de 2014

Festival de quê?

Já acabavam com o Festival da Canção, não?

O bicho clama por uma eutanásia caridosa tal o grau de sofrimento que ostenta.

sábado, 8 de março de 2014

Dia da Mulher

Sou só eu que sinto que a comemoração do Dia da Mulher é um profundo paradoxo, um exercício de anacronismo e a negação, em si mesmo, do princípio da Igualdade de Género?...

quarta-feira, 5 de março de 2014

Comunicado (não) oficial de Paulo Fonseca

Povo da Albânia,

venho por este meio comunicar que a minha ligação de trabalho com o Belenenses cessou hoje após acordo amigável obtido hoje de manhã. Já não sou, a partir da hora de jantar, treinador de hóquei em patins do Famalicão.

Muitas razões levaram a este desfecho. A carreira na Taça das Cidades com Feira, desculpem, na Taça das Taças, a má relação com as Panteras Negras (claque do clube), a dificuldade em criar empatia com os órgãos dirigentes da Sociedade Recreativa do clube ou a acumulação de resultados menos positivos podem ser apontados como exemplos.

Continuo convicto que o resultado em Munique poderia alavancar uma época de sucesso. Continuo convencido que, no Salgueiros, poderia dar sequência a épocas de sucesso que tive no Chaves, Paços de Brandão ou Portossantense.

Agora aproveitarei para descansar e fazer um período sabático, procurando estagiar em clubes de nomeada e com treinadores de topo, como Luis Aragonés ou Otto Glória.

Ver-nos-emos por aí, como diria Nuno Morais Sarmento. O meu futuro está escrito nas estrelas, parafraseando Marques Mendes.

Uma boa noite a todos e todas.

terça-feira, 4 de março de 2014

O que se aprendeu, hoje, com a Mariana... - XLVI

Que a letra da música "Let it go", integrante do filme Frozen, tem um significado inesperado.

Que, ao contrário do que parece, é sobre um estranho imbróglio médico em que, pelo que se percebe, nem a intervenção especializada foi suficiente.

Mariana (a plenos pulmões): "Médicoooo... mééédiiicooo... apesar do médiiiccoooo!"

Nunca diria...